Blog

Como cuidar da saúde dos olhos e prevenir a cegueira

31/08/2021

Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente no mundo cerca de 285 milhões de pessoas com alguma deficiência visual.

As doenças oculares podem ser causadas por vários motivos, desde causas genéticas até hábitos e estilos de vida. Segundo o Ministério da Saúde, a médio e longo prazo, essas condições podem levar à deficiência visual e, nos casos mais graves, à cegueira. Vamos aprender mais sobre as doenças mais perigosas:

Catarata: geralmente é causada pelo envelhecimento, com sintomas como perda de visão, incapacidade de ver claramente em ambientes com pouca luz, fotofobia, diplopia, dificuldade em ver cores e visão turva. É a principal causa de cegueira no mundo.

Glaucoma: é uma doença que faz com que o nervo óptico pare de transmitir informações visuais ao cérebro. Geralmente é causada pelo aumento da pressão intraocular e os sintomas aparecem apenas nos estágios finais. São eles: perda de visão periférica (as pessoas começam a bater em objetos e pessoas) e visão turva.

Degeneração macular relacionada à idade: é a principal causa de cegueira em pessoas com mais de 50 anos. Causa danos e abrasão na parte central da retina, a mácula, que pode turvar a visão e aparecer manchas escuras no centro.

Retinopatia diabética: níveis elevados de glicose no sangue causam alterações na parede dos vasos sanguíneos da retina, causando vazamento e sangramento nesta área. Conforme o problema progride, sintomas como manchas, visão turva e perda da visão periférica ou central aparecem, e a cegueira pode ocorrer sem tratamento.

Descolamento de retina: algumas doenças como trauma, inflamação ou diabetes podem causar essa condição. Os sintomas são visão turva, percepção de faíscas, flashes no campo de visão, moscas volantes e cegueira súbita. O problema é classificado como emergência ocular.

Doenças inflamatórias: quando a inflamação local danifica a retina, pode causar perda de visão. Alguns deles são toxoplasmose, toxoplasmose, doença de Lyme e herpes. Diagnosticar e tratar corretamente essas inflamações é uma forma de evitar a cegueira.

Um estilo de vida que pode prevenir a cegueira

A visão é um dos órgãos dos sentidos mais importantes e complexos do corpo humano, responsável pelo processamento de 85% das informações no cérebro. Claro, não há nada que possa substituir o conselho de um oftalmologista quando se trata de evitar a cegueira. O Ministério da Saúde apontou alguns hábitos de vida que podem prevenir doenças oculares potencialmente graves. Vale a pena adotar!

Cuidado com o sol: o uso de óculos de sol pode reduzir os efeitos nocivos dos olhos expostos à radiação ultravioleta.

Cuidado com a exposição excessiva a telas de TV, computador e smartphone: passar muito tempo na frente da tela pode causar olhos secos, fadiga ocular e distúrbios do sono.

Evite coçar os olhos: pode causar irritação, lesões oculares e até problemas na córnea. No tempo seco, hidrate os olhos com colírios lubrificantes recomendados por um oftalmologista.

Cuidado com o uso excessivo de colírios: evite a autoadministração. Os corticosteroides são particularmente preocupantes devido ao risco de glaucoma e catarata - evitar essas doenças também é uma forma de evitar a cegueira.

Durma pelo menos 8 horas por dia: dormir pouco pode causar irritação e fadiga ocular.

Dieta balanceada: Uma dieta rica e variada, incluindo vegetais verdes escuros e feijões, peixes e sementes, fornece vitaminas que são benéficas para o funcionamento da retina.

Se notar uma visão anormal, procure ajuda médica: o diagnóstico precoce é essencial para eliminar complicações e evitar a cegueira. Faça consultas regulares para avaliar a qualidade da visão e atualizar os graus dos óculos, se necessário.

Cuidado com os produtos que ficam muito próximos aos olhos: produtos químicos, cosméticos e tinturas podem causar irritação nos olhos e nas pálpebras e alergias. Certifique-se de remover a maquiagem dos olhos antes de ir para a cama.

 

CONTATO

Av. Getúlio Vargas, 15, 7º andar – Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG – Cep: 30112-020


(31) 3283-9837

(31) 3283-9746

(31) 3283-9592

© Clínica de Olhos Vérdere.